CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

terça-feira, 19 de abril de 2011

ipsis literis

considerar o som como uma perturbação do ar e do tempo, como a força de desestabilização ordenadora do espaço. pensar a música como o devir-animal, devir-vegetal, devir-inumano, devir-humano. o som – por extensão, a música – é uma perturbação física.

1 comentários:

beto,,, disse...

achei muuito bonito.